terça-feira, 3 de março de 2015

somos amigos

Povo Vanessa

Eu gostava de ficar perto do zac mas eu não podia ,tem uma coisa nele que me facina...eu não posso ler sua mente, eu posso ler a mente de qualquer um naquela escola menos a do zac e isso era tão frustante!! Mas ele era diferente dos meninos que conheço ele não pega um monte de garotas usa e joga fora...o zac ė diferente eu disse a ele que a jênte ia lanchar junto no intervalo mas quanto mais tempo ficamos juntos mais pirigoso isso fica ....ele entrou pro time de basquete ele tava no vestiaria se trocando ele tava sem camisa e suado com um aroma delicioso que logo fes com que  a besta dentro de mim ficasse doida para atacar mas eu tinhha o domínio dela ela não ia ganhar ,ele me encontrou na porta do refeitório
Caminhamos juntos ate uma mesa vazia o refeitório. Ficou  silêncio total ate eu e zac nos sentarmos ele começaram a conversa novamente
- isso ė diferente - eu disse com um sorriso no rosto enquanto abria a lata do meu suco
-mas parece que eu robei voceis do seus irmão,não sei se te quero devolver-disse me fazendo rir ,mas logo minha risada  cessou
-você deveria ficar longe de mim
-eu sei que VC ė perigoso-ele disse me fazendo olhar para ele- mas eu não me importo eu quero ser seu amigo
Amigos ?!OK!
Depois de alguns minutos não tinha ninguém no refeitório e hoje tinha que doar sangue e o zac disse q não tava nada afin
-ė melhor nos irmos-eu disse
-tenho uma ideia melhor,que tal VC me livrar das aular hoje?!
-serio?!-eu perguntei rindo ,ele apenas a sentiu com a cabeça me fazendo rir mais
-OK eu já não.ia mesmo,mas VC tem certeza?
-claro que tenho
-Ok vamos

Entramos no meu carro  e estava tocando a música dos betous e ele

 cantalorou baixinho
-Voce cohece os betous?-perguntei surpresa
-mais ou menos minha mãe poem essa música lá em casa ai eu fico ouvindo....essa ė minha favorita deles
-a minha TAM bem-eu disse com um sorriso no rosto , o zac era definotivamnte um garoto diferente nunca vi ninguém da idade dele gosta de betous e ė isso que me encanta nele- então a onde quer ir?
- que tal a bibliote?!
-OK a biblioteca
Chegando lá eu escolhe um livro para ler em quanto zac estudava ,percebi que ele tava desenhando alguma coisa
-o que VC ta desenhando?
-nada!-ele respondeunde prontidão
-oras deicha eu ver -disse me aproximando do caderno dele
-não,quem Sabe um dia eu te mostre
-OK ,mas eu vou cobrar hein?!-disse fazendo ele rir ,com ele eu conseguia agir normalmente  que nem uma humana ele despertava esse lado bobo meu
- quantos anos  vc tem zac ?
-tenho 18 pq?
-voce ė muito muito maduro para sua idade
-meu pai dis a mesma coisa ele acho que eu sou um velho preso no corpo de um adolescente - disse me fazendo rir
-e ė isso que eu gosto   em vc-dito isto ele ficou vermelho com que me fez rir muito
-sabe zac vermelho ė uma.cor boa em VC.-,disse morrendo de ri
        Parei em frente a casa dele
-obrigado pela carona nessa
Ai deus ele me chamou de "nessa" se eu

fosse viva meu coração ia estar pulando
-não foi nada zac - muito relutente eu passei a mãe pela sua pela lisa e.quente senti ele estremecer ....não.podia cupa-lo ele estremeceu por que eu sou fria como gelo
-deaculpa-ele não disse nada só se aproximou de mim ...meu deus sera que ele ia me beijar eu nunca beijei na minha porra de vida! Mas vou ter que admitir que eu tenho uma.grande vontade de beijar esses lábio quentes mas não podia ser assim eu já estava pronta para empurrar ele ,mas ele beijou minha bochecha me deixando com  sentimento gostoso
-tchau nessa -ela saiu do carro pegou sua mochila e foi para dentro eu parecia uma estatua tem tando acimilar tudo,eu não devia estar sentindo isso...mas eu sinto a coisa errado fazendo o que ė certo...me sinto tão.......BEM!









Nenhum comentário:

Postar um comentário